Financiamento estudantil: como funciona e qual a melhor opção?

Conheça o potencial transformador do financiamento estudantil e como identificar a melhor opção de acordo com os objetivos de cada estudante.

Investir na própria educação é uma das melhores opções de investimento, já que oferece potencial de trazer retornos tanto no curto quanto no longo prazo conforme evoluímos em nossa carreira profissional.

Apesar de ser tão atrativo, investir em educação pode não ser tão fácil assim por conta dos altos custos envolvidos na realização não apenas de cursos livres ou profissionalizantes, mas também no currículo padrão de ensino, como a graduação.

Conquistar uma vaga em universidades públicas com certeza ajuda muito no orçamento, já que esse tipo de instituição de ensino não cobra mensalidade, matrícula e outras cobranças geralmente praticadas no ensino superior, mas essas vagas são altamente concorridas e longe de serem suficientes para a maior parte da população.

Assim, as pessoas precisam encontrar alternativas que viabilizem seus estudos em universidades particulares, buscando maneiras de arcar com todos os custos envolvidos em estudar nesse tipo de instituição.

Uma das opções mais conhecidas é o financiamento estudantil, e nesse artigo vamos falar um pouco mais sobre como essa solução funciona e como encontrar a melhor oferta para cada caso.

O que é financiamento estudantil?

Financiamento estudantil é uma alternativa que permite aos estudantes cursarem seus estudos no ensino superior com mais flexibilidade no pagamento, que pode ser feito por um prazo mais longo ou até mesmo começar só após a conclusão do curso escolhido.

De forma geral, esse tipo de serviço envolve três partes: estudante, instituição financeira e instituição de ensino.

Primeiro o estudante escolhe o curso desejado em uma instituição de ensino e busca uma instituição financeira responsável pelo financiamento estudantil. Essa instituição financeira vai então se responsabilizar pelo pagamento dos estudos para a instituição de ensino, que vai, por sua vez, prestar os serviços contratados ao estudante.

New call-to-action

Assim, o estudante fará o pagamento das mensalidades não para a instituição de ensino, mas sim para a financeira contratada de acordo com os termos e condições envolvidos no financiamento adquirido.

Outra forma de olhar para esse produto é entendê-lo como um empréstimo, ou um crédito educacional. Com ele, o estudante consegue um prazo maior de pagamento e pode começar os estudos mais rapidamente, mesmo que não tenha desde o início todo o dinheiro necessário para pagar pelo seu curso.

Como funciona o financiamento estudantil?

Conforme explicado anteriormente, o financiamento estudantil funciona como um serviço de empréstimo ou crédito usado especificamente para fins educacionais.

Nele, o estudante busca o apoio de uma instituição financeira para viabilizar seus estudos e se compromete a pagar pelo serviço em um prazo maior que a duração do próprio curso, de acordo com juros e outras condições determinadas em contrato.

Vale destacar que existem instituições financeiras tanto públicas quanto privadas que prestam esse tipo de serviço, e o primeiro passo para quem se interessa por esse tipo de solução é identificar se a instituição de ensino desejada está aberta a essa alternativa.

Caso a instituição de ensino aceite participar de programas de financiamento estudantil, é hora do estudante pesquisar pelas opções disponíveis e analisar qual melhor se encaixa na sua realidade e caso específico.

Um ponto que deve ficar claro é que o financiamento estudantil não isenta o estudante de pagar pelos seus estudos. Esse serviço simplesmente facilita o pagamento ao oferecer condições de prazo melhores que as normalmente oferecidas pelas instituições de ensino.

Mesmo usando o financiamento estudantil, os estudantes ainda são responsáveis por honrar com os compromissos assumidos na hora da matrícula e contratação do curso desejado.

Como financiar 100% da faculdade?

Os serviços de financiamento estudantil são oferecidos de maneiras específicas por cada instituição financeira, com juros, prazos e condições diferentes em cada uma delas.

Isso faz com que seja ainda mais importante ter total conhecimento dos termos envolvidos em um financiamento estudantil antes de assinar qualquer tipo de contrato, de forma que o estudante escolha de forma consciente qual é a melhor opção para o seu caso.

Dito isso, existem sim opções de financiamento estudantil que cobrem integralmente o valor do ensino superior, permitindo que os estudantes comecem seus cursos tranquilamente e só se preocupem com os pagamentos depois de concluídos os estudos contratados.

Quais bancos fazem financiamento de faculdade?

Grande parte dos bancos tradicionais, tanto públicos como privados, oferecem programas de financiamento estudantil. Contudo, é necessário avaliar bem a oferta, pois as taxas e burocracias do processo podem interferir na sua saúde financeira.

Além dos bancos, existem outras instituições financeiras que visam oferecer crédito descomplicado para a educação – como é o caso da Provi.

Qual a melhor opção de financiamento estudantil?

Assim como cada instituição financeira oferece condições específicas em seus serviços de financiamento estudantil, a melhor opção também vai variar caso a caso de acordo com as particularidades de cada estudante.

Algumas pessoas podem preferir iniciar os pagamentos logo no início dos estudos, enquanto outras talvez tenham preferência por um prazo maior e começar a pagar somente após a conclusão do curso.

Da mesma forma, as taxas de juros e formas de pagamento oferecidas por cada instituição financeira devem ser levadas em consideração na hora de escolher qual é a melhor opção de financiamento estudantil para cada indivíduo.

Financiamento estudantil privado

Além de alternativas públicas como o Fies (​​Fundo de Financiamento Estudantil), também é possível buscar instituições financeiras da iniciativa privada para contratar um financiamento estudantil privado.

Esse tipo de serviço é oferecido não apenas por grandes bancos, mas também por outras instituições financeiras que oferecem serviços relacionados a crédito, empréstimos ou financiamentos.

Um ponto interessante das alternativas privadas é que esse tipo de financiamento costuma ser menos burocrático e de mais fácil acesso para várias pessoas, sem todas as barreiras e requisitos cobrados em programas públicos de financiamento.

O financiamento estudantil como ferramenta de transformação

O financiamento estudantil é uma forma de facilitar o acesso das pessoas à educação de qualidade sem a necessidade de investir grandes quantias de dinheiro logo no início dos estudos.

Esse tipo de serviço tem potencial de causar um impacto enorme não apenas nas vidas dos estudantes beneficiados como da sociedade como um todo, que se beneficia de ter cada vez mais pessoas e profissionais altamente capacitados para exercerem as mais diferentes funções.

Acreditar no potencial transformador da educação é um dos fatores que motiva a Provi a seguir buscando maneiras de construir pontes de acesso à educação no Brasil para construir um futuro com mais oportunidades.

Se você quiser saber mais sobre como fazemos isso hoje e quer também ficar por dentro de tudo que ainda temos para revolucionar a educação no país, acesse o nosso site e acompanhe o nosso trabalho.

Veja mais sobre o autor

Suporte Infra