Venda de cursos online: como fazer e qual a melhor plataforma?

Aprenda o passo a passo para começar a trabalhar com a venda de cursos online e veja como ganhar dinheiro atuando com produtos digitais.

A venda de cursos online é uma atividade profissional que ganhou muita atenção nos últimos tempos como uma alternativa para quem quer empreender com a ajuda da internet.

Além de permitir ser responsável pelo próprio negócio e ter mais flexibilidade na vida profissional, essa opção também conquista mais e mais empreendedores por oferecer a possibilidade de trabalhar com um assunto do próprio interesse, transmitindo esse conhecimento para outras pessoas.

Desde o mercado financeiro até áreas como marketing, saúde, gastronomia e uma infinidade de outras alternativas, os cursos online tratam dos mais diferentes temas e assuntos, garantindo que existe espaço para as mais diversas áreas de conhecimento.

Apesar dos benefícios e pontos positivos ao trabalhar com a venda de cursos online, vale lembrar que também é necessário se dedicar e investir bastante esforço e trabalho duro para que essa atividade seja realmente lucrativa e interessante.

Estruturar um negócio de vendas de cursos online envolve não só a estruturação de um conteúdo de qualidade, como também a formação de um negócio propriamente dito, além da escolha de parcerias, ferramentas e plataformas essenciais para fazer as suas vendas decolarem.

Para ajudar você a tomar decisões mais bem embasadas durante a sua jornada como empreendedor digital, separamos neste artigo algumas das informações mais importantes para o começo de um trabalho de venda de cursos online.

Continue lendo para saber mais sobre os primeiros passos dessa atividade e descobrir também como escolher a melhor plataforma de vendas online para acelerar os seus resultados e garantir um bom faturamento.

Como fazer a venda de cursos online?

Antes de qualquer outra coisa, é importante resolver algumas questões básicas essenciais para a estruturação de um negócio de venda de cursos online.

Criar o próprio negócio significa investir bastante trabalho na elaboração de planejamentos sólidos que possam conduzir a sua empresa rumo aos objetivos desejados por você, por isso garanta que toda decisão será bem pensada.

De maneira geral, existem 9 pontos de atenção principais para a construção e manutenção de um negócio de venda de cursos online capaz de gerar bons resultados.

Esses pontos são: a escolha do segmento mais lucrativo para atuar, a descoberta do seu público ideal, a definição do formato do seu curso online, a pesquisa sobre o tema trabalhado no seu curso online, a produção do conteúdo entregue no seu curso online, a hospedagem do seu curso online em uma plataforma confiável, a divulgação do seu curso online para o público-alvo, o engajamento dos seus alunos antes do momento da venda, e a manutenção do contato com os alunos durante e após a compra do curso.

Confira agora um pouco mais sobre cada uma dessas etapas e atividades

1. Escolha o segmento mais lucrativo para atuar

Achar o segmento certo é o primeiro passo para construir um negócio lucrativo.

Para tomar essa decisão é importante levar em consideração tanto fatores mercadológicos quanto seus próprios conhecimentos e experiências, que vão permitir não apenas produzir como avaliar a qualidade do conteúdo criado sobre um tema específico.

Uma forma de tomar essa decisão é montando uma lista de assuntos que você domina ou que sejam do seu interesse, e com base nisso pesquisar por indícios de que esse tema pode ser interessante também para o mercado.

Ferramentas como o Google Trends podem te mostrar qual é o interesse geral das pessoas sobre determinado assunto, e isso  pode ajudar a filtrar a sua lista para encontrar apenas os temas com maior potencial de público.

Lembre-se também que você pode decidir entre criar cursos mais abrangentes que interessem muitas pessoas e criar conteúdos mais segmentados, que atendam nichos mais específicos.

Cada alternativa tem seus pontos positivos e negativos, por isso considere bem os prós e os contras antes de tomar a sua decisão final.

2. Descubra qual é o seu público ideal

Sabendo qual será o seu segmento de atuação, a etapa seguinte naturalmente envolve a descoberta de qual é o seu público ideal, ou o público-alvo do seu curso online.

Uma forma de organizar esse trabalho é com a criação de personas, ou representações do perfil de cliente ideal para o seu negócio com base em pesquisas reais e levantamentos de dados do mercado.

Para a criação dessa persona, procure entender tanto características sócio demográficas como idade, escolaridade e renda, quanto atributos mais subjetivos como os interesses, desejos e até mesmo as dores e necessidades dessas pessoas.

Direcionar os seus esforços de produção de conteúdo e comunicação para uma persona específica vai te ajudar a otimizar os seus resultados e garantir que as suas decisões sejam tomadas sempre considerando os interesses desse público, aumentando as chances de sucesso do negócio.

3. Defina o formato do seu curso online

Com uma visão clara do seu segmento de atuação e perfil de cliente ideal, é hora de definir qual será o formato de entrega do seu curso online.

Para a escolha desse formato é importante levar em consideração tanto os diferentes processos de desenvolvimento de cada formato como as melhores formas de transmitir os conhecimentos abordados por você.

Existem diversos formatos utilizados com sucesso em negócios de venda de cursos online, e cabe a você identificar qual melhor se encaixa ao seu próprio negócio.

Confira abaixo um pouco mais sobre 3 dos principais formatos utilizados no mercado de produtos digitais: os ebooks, os screencasts e os webinars.

Ebooks

Um dos formatos mais conhecidos pelo público, os ebooks são uma boa alternativa para criar conteúdos não excessivamente complexos e de fácil distribuição.

Normalmente esses materiais são oferecidos em formato .pdf, permitindo acesso fácil em diversos aparelhos móveis e o download para consulta mesmo quando não existe conexão à internet.

De forma geral, a produção de um ebook envolve, além da pesquisa e redação do conteúdo, um trabalho de revisão, diagramação e design gráfico para entregar um material chamativo no final.

Screencasts

Apesar de o nome não ser tão conhecido, screencasts também são um dos formatos mais utilizados no mercado, principalmente por quem produz tutoriais de algum tipo de software.

Esse formato envolve simplesmente a gravação de uma tela de computador com uma narração sobreposta para guiar o conteúdo exibido e transmitir o conhecimento desejado.

Screencasts podem contar ainda com recursos como legendas e trilha sonora, utilizados não apenas para tornar o conteúdo mais acessível e de fácil entendimento, mas também para alcançar um resultado final mais atrativo e profissional.

Webinars

O último dos formatos em destaque, webinars são basicamente seminários realizados de maneira digital, com transmissão online do conteúdo para o público interessado.

Esse formato é bastante interessante pois permite a interação direta entre os consumidores e a pessoa responsável pela criação do conteúdo daquele curso online, entregando praticamente uma experiência de aula por meio da internet.

Webinars são muito mais simples de produzir que seminários presenciais, e precisam apenas de uma boa ferramenta de transmissão para serem realizados de maneira satisfatória.

4. Pesquise sobre o tema trabalhado no seu curso online

Seguindo em frente, a próxima etapa envolve uma pesquisa profunda sobre o tema a ser abordado no seu curso online, independentemente de qual tenha sido o formato escolhido por você para oferecer esse conteúdo.

Por mais que você tenha decidido trabalhar com um assunto que já domina ou com o qual tenha grande afinidade, não deixe de buscar novas informações e conhecimentos atualizados para produzir um conteúdo realmente relevante e diferenciado.

Quanto mais você investir no levantamento de informações completas para o seu conteúdo, mais completo e interessante será o resultado final, não apenas garantindo a satisfação dos seus clientes como também contribuindo para a construção da sua imagem de especialista no mercado.

Invista muito esforço e dedicação nessa pesquisa e isso vai preparar você para iniciar a etapa seguinte que envolve o desenvolvimento de fato do conteúdo oferecido no seu curso online.

5. Produza o conteúdo entregue no seu curso online

Depois de tudo o que você já fez até aqui, é hora de começar a produção real do seu curso online, independentemente de qual tenha sido o formato escolhido para esse material.

O primeiro passo para a produção desse material é a elaboração de um rascunho com todas as ideias e tópicos que você pretende abordar no seu conteúdo, o que vai ajudar a organizar os assuntos de forma lógica e clara.

Depois de elaborado este rascunho, prepare uma organização de todo o conteúdo em módulos que vão atuar como as aulas do seu curso online, garantindo que cada uma dessas aulas tenha temas e objetivos claros e coerentes dentro de um plano maior.

Outro ponto importante para a criação de um curso online é a definição de uma estrutura de avaliações para identificar se os estudantes estão realmente evoluindo de acordo com o andamento do conteúdo, então não deixe isso de fora do seu planejamento.

Com tudo isso definido e com uma primeira versão do seu conteúdo já pronta, não deixe de revisar tudo o que foi criado para garantir que nada ficou de fora ou que não existem erros ao longo do conteúdo, assegurando a qualidade do material criado.

Por fim, invista também no visual e apresentação final do seu conteúdo. Faça com que o material seja atrativo e transmita uma imagem profissional e de alta qualidade para aumentar a satisfação do seu público com o curso.

6. Hospede o seu curso online em uma plataforma confiável

Um ponto que causa muitas dúvidas em quem está começando a trabalhar com cursos online é sobre a hospedagem do conteúdo.

Para escolher em qual plataforma hospedar os seus materiais, é importante considerar características como a automatização do processo de acesso do aluno, automações de email, emissão de certificados e quaisquer outras facilidades relevantes para o seu negócio.

Além disso, é importante contar com uma plataforma segura, confiável, e que seja capaz de oferecer uma solução de checkout integrada para facilitar as suas vendas e aumentar o faturamento do seu negócio.

Um exemplo de plataforma de hospedagem é a MemberKit, alternativa que permite entregar o seu conteúdo com facilidade e de forma automatizada, além de oferecer integração completa com a solução de gestão financeira e de cobrança da Provi.

7. Divulgue o seu curso online para o público-alvo

Ninguém vai comprar o seu curso online se as pessoas não souberem que ele existe, concorda?

Investir na divulgação das suas ofertas para o público certo é essencial para garantir o crescimento e a sustentabilidade do seu negócio digital.

Monte um plano de comunicação e uma estratégia de marketing digital que sejam capazes de mostrar ao seu público-alvo todos os benefícios do seu curso online e incentivar as vendas do seu conteúdo.

Existem diversos tipos de abordagens e estratégias de comunicação que podem ser utilizadas para promover o seu negócio digital. Algumas das mais comumente utilizadas são:

  • Blogs e marketing de conteúdo
  • Estratégias de SEO
  • Campanhas de email marketing
  • Investimento em anúncios pagos
  • Criação de landing pages
  • Comunicação em mídias sociais
  • Lives de lançamento
  • Programas de afiliados

Identifique qual é a melhor opção de acordo com os objetivos e a realidade do seu negócio e garanta que a estratégia comunique de maneira clara e persuasiva todo o valor entregue pelo seu curso online para alcançar resultados reais de vendas.

8. Engaje os seus alunos antes do momento da venda

O lançamento de produtos digitais é uma estratégia famosa por quem trabalha nesse tipo de negócio, e ela pode trazer ótimos resultados para as vendas do seu curso online.

Busque maneiras de despertar o interesse do público no seu curso antes mesmo de as vendas começarem de verdade, estimulando as pessoas a comprarem assim que possível.

De maneira geral, estratégias pré-venda costumam envolver muito esforço de divulgação, atividades de pré-lançamento exclusivas, e comunicação em mídias sociais e outras plataformas relevantes para o público-alvo.

Seja qual for a estratégia adotada, lembre-se de que o principal objetivo é deixar o público na expectativa de comprar o seu curso assim que ele estiver disponível.

9. Mantenha o contato com os estudantes durante e após a compra do curso

Construir um relacionamento de confiança com os estudantes é importante para fidelizar a sua base de clientes e aumentar as suas chances de vender novamente para esse mesmo público no futuro.

Esteja sempre disponível para dar suporte aos estudantes com alguma dificuldade ou necessidade específica, e invista também em manter uma conexão com essas pessoas mesmo após a conclusão do curso.

Uma prática comum é a criação de comunidades de ex-alunos, atividade que pode ser interessante não só para criar e manter um relacionamento de longo prazo como também para incentivar a troca de experiências e conhecimentos entre esses estudantes, aumentando o valor entregue pelo seu curso online.

Outro benefício desse tipo de comunidade é o potencial de vendas incrementais entre os próprios estudantes, que podem trocar informações entre si sobre cursos distintos oferecidos por você e despertar o interesse por novas compras.

O que é uma plataforma de cursos online?

Uma plataforma de cursos online é um ambiente que disponibiliza de forma organizada todos os materiais e conteúdos utilizados em um curso online para os estudantes interessados.

Esse tipo de solução precisa oferecer uma experiência agradável tanto para estudantes quanto para os profissionais responsáveis pela entrega do conteúdo em questão, criando um ambiente de aprendizagem adequado para o meio digital.

Essas plataformas podem oferecer conteúdos das mais diversas áreas de conhecimento e cursos com diferentes programas e estruturas, garantindo que os estudantes consigam acessar os materiais de acordo com o seu próprio ritmo e de qualquer lugar.

Qual é o melhor site para vender cursos?

Como já foi mencionado anteriormente, uma boa solução para venda de cursos online deve não só oferecer uma plataforma de qualidade para a entrega do conteúdo aos estudantes, mas também uma solução de pagamento capaz de facilitar a aquisição das suas ofertas para diferentes perfis de cliente.

Tendo isso em mente, contar com o apoio de soluções como o ProviPay é um fator decisivo para o sucesso do seu negócio de venda de cursos online.

O ProviPay é a solução de vendas online com gestão de pagamentos e cobrança desenvolvida pela Provi para apoiar negócios digitais dos mais diferentes segmentos de atuação.

Entre outros benefícios, o ProviPay permite aumentar em mais de 35% as suas vendas incrementais, oferecer vendas no boleto parcelado em até 36x, aceitar pagamento à vista ou parcelado em até 12x no cartão e reduzir o seu risco de inadimplência. Para saber mais, entre em contato com a nossa equipe.

Vender cursos online vale a pena?

O negócio de cursos online pode sim ser uma boa alternativa para quem tem vontade de empreender e começar a ganhar dinheiro com um negócio digital.

Para ajudar você a refletir sobre esse tipo de negócio e se ele é a escolha certa para o seu caso particular, confira agora algumas das principais vantagens de trabalhar com a venda de cursos online.

Tenha mais flexibilidade para a sua rotina

Um dos benefícios de empreender online é se tornar chefe de si mesmo e ganhar mais flexibilidade para a sua rotina.

Esse tipo de trabalho permite que você decida quanto, como e quando quer trabalhar, tudo de acordo com os seus próprio desejos e objetivos pessoais.

Potencialize o alcance e os lucros do negócio

A internet permite que você alcance pessoas de outras cidades, estados e até mesmo outros países, coisa que não acontece facilmente na maioria dos negócios físicos.

Essa possibilidade de expansão pode ser explorada por você para aumentar ainda mais os seus resultados de negócios.

Desenvolva versatilidade na sua atuação profissional

Além de decidir por conta própria como construir e entregar seus cursos online ao público, atuar como empreendedor vai te forçar a desenvolver habilidades nas diversas áreas necessárias para construir e manter um negócio funcionando.

Esse desafio pode ser cansativo, mas com certeza vai contribuir para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Conte com uma estrutura prática de logística

Outro benefício de trabalhar com produtos digitais é a facilidade de entregar suas ofertas aos clientes por meio de plataformas automatizadas.

Todas as preocupações envolvidas com logísticas de entregas e armazenamento existentes em negócios físicos são inexistentes para quem trabalha com a venda de cursos online.

Produza material a baixo custo para otimizar os resultados

Assim como os problemas e dificuldades logísticas são facilitados nos negócios digitais, custos de produção também costumam ser reduzidos, aumentando o seu potencial de rentabilidade.

Você pode pagar apenas uma vez pela produção de todo o seu material e vender esse curso milhares e milhares de vezes, otimizando os investimentos realizados no negócio.

Conquiste mais equilíbrio e qualidade de vida

Por fim, vender cursos online pode ser uma forma de melhorar o seu equilíbrio pessoal e a qualidade de vida em geral.

Apesar de todo o esforço e dedicação necessários para construir e manter um negócio rentável, isso também pode trazer mais controle sobre a própria vida e um sentimento de realização para os empreendedores dessa área.

Quem pode vender cursos online?

Não existe nenhum tipo de pré-requisito ou característica específica para definir quem pode e quem não pode vender cursos online, e o mais importante é ter disposição para se dedicar de verdade a construir um negócio digital sustentável.

Se você tem interesse em trabalhar com esse tipo de atividade, não deixe de buscar sempre maneiras de melhorar os seus conhecimentos e habilidades não apenas na área ou segmento que pretende atuar como também em gestão de negócios.

Assim como em qualquer outro tipo de trabalho, investir no seu desenvolvimento é essencial para o seu sucesso com as vendas de cursos online.

Com o tempo, a tendência é que você tenha cada vez mais preparo para criar conteúdos de alta qualidade ou até mesmo buscar parcerias capazes de acelerar o crescimento do seu negócio.

Entender as próprias limitações e enxergar oportunidades de expansão são fatores importantes para conseguir analisar seu negócio digital de maneira objetiva e tomar decisões acertadas, e isso se torna mais fácil conforme você ganhe maturidade no mercado.

Até mesmo quem não se sente confortável em produzir conteúdo para cursos online pode entrar no negócio de vendas de cursos online por meio de atividades como os programas de afiliados.

Esse tipo de programa permite que você ganhe comissões de venda sobre conteúdos criados por outras pessoas, e pode ser uma boa alternativa para quem tem mais afinidade com estratégias de marketing e vendas mas que não tem interesse em trabalhar com a produção de conteúdo propriamente dita.

New call-to-action

Ganhando dinheiro com a venda de cursos online

A venda de cursos online pode ser uma ótima alternativa para quem quer empreender e ganhar dinheiro trabalhando pela internet enquanto aproveita todos os benefícios dessa opção, mas isso não quer dizer que vai ser tudo fácil.

Esse tipo de atividade demanda muita dedicação e trabalho duro, não só na produção do conteúdo como na própria venda dos cursos e estruturação de um negócio que não apenas seja rentável, mas que também seja sustentável e que cresça ao longo do tempo.

É possível ganhar dinheiro criando e vendendo conteúdos originais em cursos online, ou mesmo atuando em programas de afiliados e recebendo comissões sobre as vendas de conteúdos criados por outras pessoas, por isso não deixe de avaliar qual alternativa faz mais sentido para o seu caso pessoal.

Outro fator essencial para garantir que seu negócio de venda de cursos online alcance bons resultados financeiros é contar com o apoio de boas plataformas e soluções de vendas, como o ProviPay.

Se você quiser saber mais sobre como a solução de checkout completa da Provi pode colocar ao seu dispor diversas formas de pagamento e alavancar o seu negócio, entre em contato com a nossa equipe.

Veja mais sobre o autor

Suporte Infra